10 MELHORES ATORES E ATRIZES CONVIDADOS DE JORNADA NAS ESTRELAS

USSEnterprise-Command

Há algumas semanas postei uma lista com os 10 melhores atores e atrizes de Jornada nas Estrelas em minha singela opinião. Na ocasião deixei avisado que, devido ao tamanho enorme que a lista estava tomando, optei por dividi-la em três. Na primeira lista vimos os astros principais. Agora chegou a vez de listar os 10 melhores atores e atrizes convidados a atuarem em um único episódio destacando-se com maravilhosas interpretações. Em breve teremos os melhores recorrentes.

Lembrando sempre que essa é uma lista pessoal. Você pode concordar ou não com ela e, de fato, o incentivo a expor sua opinião respeitosamente e com educação, observando sempre a nossa política de comentários.

10-Jerry Hardin (Mark Twain na Nova Geração)

Jerry_Hardin_trekCore_Youtube

Nascido em Dallas em 20 de Novembro de 1920, Jerry Hardin participou do episódio duplo “Em Algum Lugar do Passado” da Nova Geração interpretando um hilário Mark Twain, que em nada ficaria a dever ao verdadeiro. Hardin deu vida a um Samuel Clemens (nome verdadeiro do autor de “As Aventuras de Huckleberry Finn”) bem enxerido, mas deliciosamente engraçado. Sua atuação inspirada é a cereja do bolo nas duas partes de um episódio muito bem escrito e executado.

09- Gary Lockwood (Tenente Gary Mitchell na Série Clássica)

Gary_Lockwood_memory_alpha

Esse ator californiano tem no currículo nada menos que a interpretação do Dr. Frank Poole no clássico da Ficção Científica “2001: Uma Odisseia no Espaço”. E também teve o privilégio de interpretar o primeiro grande vilão de Jornada no piloto “Onde Nenhum Homem Jamais Esteve”. Com muita propriedade e talento, Lockwood mostrou a escalada dos poderes do Tenente-Comandante Gary Mitchell, que passa de simpático e competente oficial a um ser que mata sem remorsos ou piedade apenas porque pode fazê-lo. Um vilão incrível, que inauguraria uma galeria de vilões magistrais.

08- David Warner (Gul Madred na Nova Geração)

David_Warner_httpimgkid_com

David Warner é um recorrente em Jornada nas Estrelas. Interpretou o Embaixador Terrestre St. John Talbot em Jornada V e o Chanceler Klingon Gorkon em Jornada VI, só para ficar em dois exemplos. Mas, na minha humilde opinião, Warner nunca foi tão brilhante como ao dar vida ao terrível inquisidor cardassiano Gul Madred, na impactante segunda parte do episódio “Cadeia de Comando” da 6ª Temporada da Nova Geração. Aqui ele só não é o grande destaque porque dividiu a cena com um mais que inspirado Patrick Stewart, o que, para nossa deleite, gerou uma das mais perfeitas interações da história da franquia. Gul Madred é a perfeita personificação do agente do sistema que acredita piamente que suas ações, por mais torpes que sejam, são justificadas para se atingir o objetivo. E Warner, apesar de toda a pesada maquiagem, consegue transmitir cada grama dessa personificação numa interpretação magnífica.

07-Joan Collins (Edith Keeler na Série Clássica)

Edith_Keeler_memory_alpha

Joan Collins já era uma estrela do cinema quando foi convidada para viver Edith Keeler no Clássico maior da Série Clássica “Cidade à Beira da Eternidade”. Collins nos mostra uma Edith Keeler sonhadora e gentil, mas ainda assim firme e decidida e soube transitar muito bem entre esses dois espectros de sua personagem. Atuação sensível e discreta, mas que consegue nos encantar desde o seu primeiro momento até a fatídica cena final. Se o episódio merece o título de um dos melhores dentre todos os outros da franquia, uma boa parte disso se deve a Joan Collins, que, com brilhantismo viveu a alma de Jornada nas Estrelas, como tão perfeitamente a definiu Carlos Santos no site Trekbrasilis.

06- Arnold Moss (Anton Karidian/Kodos na Série Clássica)

Anton Karidian_Kodos_Memory_beta

Outro ator consagrado a integrar o elenco convidado da Série Clássica, o shakespeariano ator participou do instigante “A Consciência do Rei”, episódio da primeira temporada que inaugura a relação entre a franquia e o bardo inglês. Tendo em mãos um personagem profundo, com várias camadas, Moss as vai revelando paulatinamente sem nunca se perder ou equivocar, numa aula de atuação. Para a história, Kodos foi o cruel governante que ordenou a execução de 4.000 pessoas, mas Karidian (persona que ele assume posteriormente) vê a si mesmo como um herói que precisou tomar uma atitude difícil quando ninguém mais teve coragem. E o faz com tanta propriedade que, por um momento, chegamos a sentir simpatia pelo carrasco. Tudo fruto da competente atuação de Arnold Moss.

05-Elizabeth Dennehy (Comandante Shelby na Nova Geração)

Shelby_Elezabeth_Dennehy

Como se não bastasse ter participado de um dos melhores episódios da Nova Geração, a atriz norte-americana Elizabeth Dennehy viveu uma das personagens mais queridas dos fãs de Jornada. Ponto para a atriz que soube interpretar a oficial arrogante e meio esnobe especialista em borgs, que pretendia ocupar o cargo de Imediato da Enterprise, com um carisma e competência maravilhosos. Apesar de ser meio mala no início, Shelby conquistou os fãs por sua determinação e impetuosidade (um tanto irresponsável é verdade), na interpretação firme e segura de Dennehy. Tanto que, ao final do episódio duplo, minha vontade é a de Riker assumir mesmo o comando de uma nave, deixando o caminho livre pra Shelby como a número um de Picard. Pena que não rolou.

04-Tony Todd (Jake Sisko num futuro alternativo em Deep Space Nine)

Jake_Sisko_startrek_com

Famoso por interpretar o assassino sobrenatural de “O Mistério de Candyman”, esse gigante de 1,96 e de voz profunda é outra figurinha comum na franquia. Foi o irmão de Worf, Kurn, em a Nova Geração e em Deep Space Nine e um Hirogen Alfa em Voayger. Mas, sem dúvidas, o papel mais lembrado pelos fãs é o de Adulto Jake Sisko, no extremamente lindo episódio “O Visitante” da 4ª Temporada de Deep Space Nine. Poucas vezes na história da franquia, somos levados a mergulhar nas emoções de um personagem, sofrendo junto e gerando tanta empatia, como quando vemos Todd vivendo um Jake amargurado e perseguido pelo fantasma da morte do pai. Uma atuação daquelas que falam mais à alma do que a qualquer outra coisa.

Para mais informações sobre esse episódio lindo e a inspirada interpretação de Tony Todd, clique aqui para ler a resenha de Luiz Castanheira no TrekBrasilis.

03-Harris Yulin (Aamin Marritza/Gul Darheel em Deep Space Nine)

Aamin_Marritza_letswatchstartrek_com

Por vários motivos, Deep Space Nine é minha série preferida de toda a franquia. E um desses motivos é a sobrenatural interpretação de Harris Yulin nesse mais que inspirado conto sobre o preconceito que é o episódio da primeira temporada “Dueto”. Transitando entre o dissimulado arquivista Aamin Maritza e o sanguinário Açougueiro de Gallitep, Gul Darheel, Yulin cospe ferocidade e desprezo de um modo único, fazendo com que não apenas a Major Kira sinta nojo por aquele ser desprezível: todos nós somos atingidos pelo mesmo asco quando ele vocifera “O que você chama de genocídio, eu chamo de um dia de trabalho.” Apesar de ter uma história incrível, o episódio se sustenta graças a interpretação de Yulin que consegue proeza de eclipsar uma brilhante Nana Visitor, naquela que considero a sua melhor atuação. Simplesmente perfeito.

Nesse link você confere mais algumas informações sobre esse show de interpretação em artigo de Luis Castanheira.

02-Ricardo Montalban (Khan Noonien Singh na Série Clássica e em Jornada nas Estrelas II-A Ira de Khan)

khan_singh_http_classictvps_blogspot_com_br

Ricardo Montalban entrou no coração de todos os trekkers ao interpretar o super homem geneticamente melhorado Khan Noonien Singh no episódio “A Semente do Espaço”, o qual reprisaria magistralmente naquele que é considerado o melhor filme de toda a franquia: A Ira de Khan. Emanando charme, arrogância e um carisma irresistíveis, Montalban deu vida ao maior vilão da história de Jornada numa história que remete aos receios sobre o inexorável progresso da ciência. Khan é o fruto de uma ciência capaz de melhorar o ser humano, mas também capaz de revelar sua face mais horrenda. E Montalban viveu as duas faces dessa moeda de maneira única e genial. E, de quebra, ainda repetiu o feito no filme.

Carlos Santos destrincha a atuação de Ricardo Montalban e o episódio como um todo nesse texto.

01-Mark Lenard (Comandante Romulano e Sarek na Série Clássica)

Mark Lenard

Mark Lenard conseguiu a proeza de marcar seu nome na franquia com duas grandes interpretações. Na primeira temporada viveu um Comandante Romulano envolvido num embate repleto de astutas estratégias e muita argúcia com a Enterprise de Kirk. Foi no episódio “O Equilíbrio do Terror”, onde o maniqueísmo predominante na TV americana dos anos 60 é completamente destroçado num belo exercício de reflexão sobre o preconceito para com o diferente, que Lenard encantou a todos com sua atuação. Encanto que levaria o ator a voltar na segunda temporada vivendo ninguém menos que o pai de Spock no episódio “A Caminho de Babel”. Tendo como pano de fundo um cenário de mistério durante os preparativos para negociações da intrincada política interplanetária da Federação, Lenard encarna o embaixador vulcano com a mesma maestria que Nimoy interpretando Spock. E aqui se revela a grandeza do ator, pois, mesmo dando vida a um personagem com muitos pontos em comum com o anteriormente vivido na série, Lenard sutilmente constrói um personagem diametralmente diferente do Comandante Romulano. De fato, considero essa a melhor interpretação de um vulcano feita até hoje, perdendo apenas e obviamente para Leonard Nimoy, o que sequer é justo de se comparar, visto que Spock aparece em todos os 77 episódios da série clássica tendo muito mais espaço para seu intérprete mostrar todo seu talento. Por outro lado, se pensarmos que Lenard teve apenas um episódio para fazê-lo notamos o quão magistral ele foi.

E clicando no link você confere mais informações sobre o episódio “Balanço do Terror” e nesse sobre “A Caminho de Babel”. O primeiro escrito por Salvador Nogueira e o segundo por Carlos Santos para o TrekBrasilis.

*   *   *

E então? Concorda? Discorda? Então é só deixar registrado nos comentários sua opinião respeitosa.

E se você gosta do blog, não deixe de curtir nossa página do Facebook.

Anúncios

3 comentários sobre “10 MELHORES ATORES E ATRIZES CONVIDADOS DE JORNADA NAS ESTRELAS

  1. Pingback: 10 MELHORES ATORES E ATRIZES RECORRENTES DE JORNADA NAS ESTRELAS | habeas mentem

  2. MEDO eterno do Tony Todd por causa do filme Candyman!

    Star Trek tem excelentes atores e atrizes convidados. Alguns a gente não reconhece por causa da maquiagem, mas o meu preferido é mesmo Sarek, <3

    • Tony Todd, assim como David Warner, é aquele tipo de ator que a gente vê num monte de filmes e séries, adora o trabalho dele nesses lugares todos e levamos anos pra saber o nome rsrs. E eu também tenho medo do Candyman até hoje!
      É muita gente boa em Star Trek mesmo. E Sarek é qualquer coisa de perfeito!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s