TAG: O QUE VOCÊ MOSTRARIA AOS ETs CASO TIVESSE QUE INTRODUZI-LOS À MUSICA, LITERATURA E CINEMA HUMANOS?

alien-667966_640

A ideia dessa TAG surgiu lá no sempre excelente Cabaré das Ideias sabiamente capitaneado pelo querido Mestre Ben Hazrael. E parte de uma premissa muito simples, mas ainda assim genial: os ETs chegaram e você precisa apresenta-lo à Música, Literatura e Cinema humanos. E agora? Quais seriam suas escolhas?

Não satisfeito em responder essa questão, o Ben ainda convidou quem quisesse a se juntar nesse exercício bacana de imaginação. Então, me pus no lugar do próprio Zefram Cochrane recepcionando os Vulcanos como mostrado em Jornada nas Estrelas: Primeiro Contato e preparei uma listinha bacana do que ouvir, ler e assistir para nossos novos amigos do espaço. Portanto pegue sua Cerveja Romulana e confira minha seleção:

Toca aqui, amizade!

Toca aqui, amizade!

MÚSICA

Igual ao Zefram eu apresentaria aos nossos colegas interplanetários uma boa dose do melhor rock’n’rool. Uma boa seleção do Led Zeppelin com o melhor de seus quatro primeiros álbuns seria um bom início. Daria continuidade com “Jagged Little Pill” de Alanis Morissette e “Horses” de Patti Smith. E por que não algumas doses de Black Sabbath e Pink Floyd? “Paranoid” e “Dark Side on The Moon” são ótimas pedidas. E mantendo o espírito espacial poderíamos finalizar o momento Rock com “The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars” do camaleônico (e meio alien também) David Bowie.

Led Zeppelin vestidos a caráter

Led Zeppelin vestidos a caráter

Lógico que teremos música clássica também. Além do óbvio três “Bs”, Brahms, Bach e Beethoven, ouviríamos muito Tchaikovsky e Mozart. Faria questão que ouvissem ainda “No Antro do Rei da Montanha”, da peça Peer Gynt do Norueguês Henrik Ibsen, pois é uma música que adoro e faz parte da minha infância graças a abertura do Inspetor Bugiganga. E, logicamente, Heitor Villa-Lobos não poderia faltar, não apenas por ser brasileiro, mas por ser igualmente excepcional!

E já que falamos de música brasileira, claro que vou apresentar muito de nossa música, em especial dois ritmos bem característicos nossos. Primeiro um bom samba com as lindas composições de Cartola e Dona Ivone Lara, para então botar os aliens pra dançar um bom forró ao som de uma boa seleção de Luiz Gonzaga e Dominguinhos (imagino-os tentando compreender todas as particularidades de “A Triste Partida” do genial Patativa do Assaré).

LITERATURA

Não tem para onde correr. Na literatura eu tenho que mostrar H. G. Wells e seu “A Guerra dos Mundos”, bem como Júlio Verne e “Da Terra à Lua”. Na realidade eu apresentaria boa parte da obra de ficção científica produzida, mas com um destaque especial para a obra de Isaac Asimov sobre os robôs. Acredito que os aliens ficarão muito interessados em nosso fascínio por essas máquinas.

Imagem do brasileiro Henrique Alvim Corrêa para uma edição belga de

Imagem do brasileiro Henrique Alvim Corrêa para uma edição belga de “A Guerra dos Mundos” (Imagem: Wikimedia)

E nossas motivações e emoções? Com certeza isso seria de muito interesse! Acredito que um pouco de Kafka cairia muito bem, assim como os russos Maximo Gorki, Liev Tolstói e Fiódor Dostoiévski.

Teria muito gosto ainda de apresentar um pouco do que tenho lido recentemente e de alguns que ainda quero ler. “Universo Desconstruído” está na lista com certeza. Outro livro certo nessa lista é “Americanah” de Chimamanda Ngozi Adichie. São obras que refletem muito bem a atual situação de nossa sociedade humana.

Algo que eu gostaria de apresentar aos aliens seria nossa religiosidade. Por isso apresentaria a eles os chamados livros sagrados. Não apenas a Bíblia, obviamente, mas também o Tripitaka do budismo, os Vedas do hinduísmo, o al-Qurʾān do islamismo dentre outros. Penso que esse seria um rico material para um entendimento mais pleno dos seres humanos, com todas as nossas contradições.

Um mundo rico em religiosidade

Um mundo rico em religiosidade

CINEMA

E se a questão é mostrar nossa capacidade para o melhor e para o pior, o cinema é perfeito para essa missão. Uma seleção de bons filmes sobre a Segunda Guerra Mundial é a pedida mais que obrigatória nesse caso. Filmes como A Lista de Schindler, A Vida é Bela, O Resgate do Soldado Ryan, O Grande Ditador, A Ponte do Rio Kway, Cartas de Iwo Jima, A Queda: As Últimas Horas de Hitler etc.

Mas nem só de guerras são feitos os seres humanos. Também somos capazes de rir. Por isso boas comédias precisam constar do cardápio. Nada dessas comédias besteirol. Prefiro aqui tratar de bons filmes que sabem rir sem forçar a barra e nesse quesito considero os filmes da Pixar como sendo simplesmente perfeitos. Wall-E e Up-Altas Aventuras são a pedida salutar.

Finalmente a nossa admiração pelos mistérios do espaço, do tempo e do desconhecido é bela e desafiadoramente revelada em longas como 2001: Uma Odisseia no Espaço, Interestelar, O Segredo do Abismo, Gravidade, O Planeta dos Macacos (1968), O Enigma do Horizonte, Apolo 13: Do Desastre ao Triunfo, De Volta Para o Futuro e Contato. E, claro, fechando o ciclo, todos os filmes da série Jornada nas Estrelas não poderiam faltar aqui, afinal, eles tratam de todos os outros temas acima citados.

E vocês, o que vocês mostrariam para os visitantes do espaço a respeito da humanidade nesses três campos. Responde aí, pode ser nos comentário, pode ser no seu blog. Fique a vontade! Não nos deixe de contar!

Para ver quem já respondeu, é só clicar:

Cabaré das Ideias

Momentum Saga

Meteorópole

Anúncios

4 comentários sobre “TAG: O QUE VOCÊ MOSTRARIA AOS ETs CASO TIVESSE QUE INTRODUZI-LOS À MUSICA, LITERATURA E CINEMA HUMANOS?

  1. Amei suas respostas! Primeiro porque você também mostraria Led Zeppelin. Se depender de nós, os aliens começariam a dançar e a se amar ao som de “Whole Lotta Love”. Imagino uma banda alien cover, até! rsrs

    E a ideia de mostrar o lindo Up-Altas Aventuras também foi ótima. È um filme tão delicado e sensível. Chorei bastante no comecinho. Assisti com meu primo, q na época acho que tinha uns 7 anos. Ele já tinha visto e quando me viu chorar, disse pra mim: “Tia Samantha, a parte triste vai passar”. Lembro disso até hoje, com muito carinho.

    Adorei a ideia de mostrar nossas religiões, meio que para deixar que eles tirem suas próprias conclusões sobre a espiritualidade do ser humano!

    Ótima lista =)

    • Bora botar esse pessoal das estrelas pra se amar! :D
      Procurei não me repetir no que mostrar, evitando citar livros, músicas e filmes já citados por você pela Sybylla e pelo Ben, mas Led Zeppelin eu tinha que botar e justamente por causa de “Whole Lotta Love” que adoro! E Jornada também não podia faltar né ;)
      Estava louco pra assistir Up! já tem um tempão, aí aproveitei o último fim de semana para assistir com a esposa! Lindo demais o filme! Nos emocionamos, rimos e nos divertimos muito. Em resumo: adoramos! Com certeza é um filme que farei questão de assistir com minha filha ou filho.
      As religiões são algo tão complexo e que falam tanto de nós humanos que não tem como não mostrar isso aos aliens. E lógico que eu adoraria saber como eles encaram a espiritualidade. Seria um papo muito legal, com certeza.
      Obrigado pelo comentário e pelo elogio!
      Abração e Vida Longa e Próspera! \\//

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s