TAG: LIVROS 2016

books_glasses_bokeh_black_white_1920x1200

Há exatamente um ano eu era tagueado pelo Mestre Ben Hazrael, dono do Cabaré das Ideias, para responder uma TAG sobre os livros lidos no ano de 2014. Já naquela data eu tinha a ideia de retornar ao texto para ver o que tinha mudado, bem como minha leitura se desenvolveu (ou regrediu) no ano de 2015 com relação ao ano anterior.

Logo depois de escrever a TAG original, adquiri de minha querida amiga Sybylla um e-reader Kindle, que, olha vou te contar, foi a melhor aquisição que já fiz na vida. Com ele voltei a ler como só tinha conseguido antes de entrar na universidade. E só não li mais, pois precisava estudar para os concursos da vida e também porque num lamentável incidente a tela do aparelhinho quebrou, impossibilitando seu uso. E, infelizmente, ainda não tive como comprar outro.

Mas isso é história para outro texto, o qual, aliás, já está quase pronto pra nascer. Por agora voltemos às minhas leituras nesse ano de 2015 e os meus planos para o ano que vem:

2015

  1. Um livro que te surpreendeu em 2015?

Download-livro-O-Hobbit-J-R-R-Tolkien-em-Epub-mobi-e-PDF

“O Hobbit” de J. R. R. Tolkien. Finalmente tive a oportunidade de ler o tão famoso livro de Tolkien, tão amado por tantos. E foi uma surpresa imensa descobrir uma leitura leve, intensa e cheia de emoção e aventura, bem diferente de tudo o que esperava em virtude de minha experiência com “A Sociedade do Anel”. Bem menos detalhista que a saga da Guerra do Anel, esse livro é do tipo que considero um perfeito exemplo de obra infanto-juvenil, ou seja, direcionado para crianças, mas que qualquer adulto consegue ler sem achar a leitura chata.

  1. Um livro que te decepcionou em 2015?

oct3

Eu poderia dizer “Os Segredos do Nazismo” de Sérgio Pereira Couto. Mas vou ficar com “Operação Cavalo de Tróia 3 – Saidan” de J. J. Benítez por dois bons motivos. Primeiro: eu já citei a obra de Sérgio Pereira Couto nessa outra TAG sobre arrependimentos literários. Segundo: apesar de toda a galhofada do Benítez em afirmar que a história de seus “Cavalo de Tróia” é real, eu gostei bastante do primeiro livro (tirando a parte introdutória. Essa só foi capaz de me levar a risos e muita vergonha alheia). Mas para tanto, foi preciso esquecer a lenga-lenga do autor e encarar toda a história como uma ficção científica, cuja premissa básica seria o hight-concept: e se pudéssemos voltar no tempo e testemunhar a veracidade da ressurreição de Cristo? Com isso em mente a história é bem interessante. Ainda assim, mesmo nesse primeiro livro, já esgota um pouco todo o papo pseudo-místico-religioso. O que eu não esperava é que o terceiro livro da série fosse basicamente todo baseado nesse papo, que, analisando direitinho, não diz nada com nada. Isso sem falar na parte introdutória, que, a exemplo do primeiro livro, se propõe a contar como Benítez conseguiu ter acesso a documentação base para os livros. Um primor de vergonha alheia.

  1. A melhor adaptação que você viu em 2015?
wallpaper harry potter

Imagem do W Arte Pop

Quando respondi a TAG no ano passado, eu respondi que estava ansioso por assistir “Jogos Vorazes A Esperança Parte 2”. Mas acabou que nem consegui assistir o filme ainda. De fato assisti bem poucos filmes dos lançados em 2015. Por isso a resposta aqui vai ser a coletânea de filmes da série Harry Potter. Apesar de ter bastante críticas a adaptação das obras para a telona, ainda assim são filmes muito bons.

  1. Um livro que não conseguiu terminar em 2015?
29histc3b3ria-geral-da-c3a1frica-capa1

Imagem do Mais Leitura BCO

“História Geral da África, vol. I” de J. Ki-Zerbo (org.). O livro é parte de uma coletânea em oito volumes publicada pela Unesco, escrita e produzida por mais de 350 especialistas das mais variadas áreas do conhecimento, sob a direção de um Comitê Científico Internacional formado por 39 intelectuais, dos quais dois terços eram africanos e é uma joia inestimável de conhecimento sobre a África. Denso e minucioso é uma obra para ser estudada, muito mais que apenas lida. Por isso mesmo ainda não consegui terminar sua leitura. Isso e às mais de 900 páginas que compõem só esse primeiro volume. E para os interessados, o site da Unesco disponibiliza gratuitamente os livros no formato PDF em seu site.

  1. Quantos livros você conseguiu ler em 2015?

Segundo minhas anotações no Skoob eu li 26 livros e somente cinco Quadrinhos. Achei muito pouco, pois esse é praticamente o mesmo número de livros que li um ano antes. E quanto aos Quadrinhos li menos ainda, pois um ano antes eu tinha lido bem uns trinta títulos. Mas se a quantidade não foi lá essas coisas, a qualidade das obras foi muito melhor.

2016

  1. Um livro que está ansioso pelo lançamento em 2016?

Universo Desconstruído

Continuo completamente por fora dos lançamentos literários. E já que Universo Desconstruído Vol. II  já foi lançado (não comecei a ler ainda porque quero ler no kindle, na telinha do celular é muito cansativo), não estou particularmente ansioso por nenhum  outro lançamento.

  1. Um (ou mais) desafio que se dispôs a participar em 2016?

Download-O-Tempo-e-o-Vento-O-Continente-Vol-2-Érico-Veríssimo-em-ePUB-mobi-e-pdf

“Desafio literário? Pra mim vai ser aumentar o número de livros lidos nesse ano, já que li poucos no ano passado. Quero ler mais e diversificar mais minhas leituras. Quero fugir do mais do mesmo.” Essa foi minha resposta no ano passado e continua valendo para esse ano. Antes do kindle quebrar eu tinha separado alguns clássicos da literatura mundial e brasileira para ler ou reler. Títulos de Dostoievski, a saga “O Tempo e o Vento” de Érico Veríssimo e “As Veias Abertas da América Latina” de Eduardo Galeano. Esse será meu verdadeiro desafio para esse ano.

  1. A adaptação mais aguardada por você em 2016?

poster

Eu nunca fui muito fã do Superman nos quadrinhos, embora sempre tenha surpresas até que agradáveis quando o personagem vai para outras mídias, como o cinema ou a tela da TV. O mesmo vem acontecendo com o Capitão América. O primeiro filme foi ok, legalzinho, mas o segundo foi muito bom! Por isso estou bem ansioso para assistir “Capitão América: Guerra Civil”. Outra adaptação pela qual estou muito ansioso é “Mulher Maravilha”, mas estou com um pezinho atrás, com medo de que façam besteira. Na realidade estou mesmo é tentando manter a expectativa baixa para não me decepcionar.

  1. Uma leitura que pretende retomar em 2016?

Passageiros+Do+Vento+T3+-+00+A

“Os passageiros do Vento 3 – A Feitoria de Judá” de François Bourgeon. Considerada a obra-prima de François Bourgeon, a série Os Passageiros do Vento conta a história da nobre Isa que teve sua identidade roubada em aventuras pelo oceano no século XVIII. Leitura encantadora, lindamente ilustrada pelo próprio Bourgeon, parei a leitura no livro 2 “O Pontão” e pretendo retomar lendo esse livro 3, o livro 4, “A hora da Serpente” e o quinto e último livro intitulado “Ébano”.

  1. Três livros da sua meta para 2016?

Baixar-Livro-Americanah-Chimamanda-Ngozi-Adichie-em-PDF-ePub-e-Mobi                       preconceito linguistico                      As veias abertas da america latina

1-“Americanah” de Chimamanda Ngozi Adichie. Li como aperitivo “Sejamos Todos Feministas” e me encantei. Agora mais do que nunca quero ler e ter esse livro em minha estante.

2-“Preconceito linguístico: o que é, como se faz” de Marcos Bagno. Recomendação da Samantha do Meteorópole. Por se tratar de um assunto que considero muito importante não vejo a hora de começar a lê-lo.

3-“As Veias Abertas da América Latina” de Eduardo Galeano. Esse eu já iniciei a leitura tem pouco menos de uma semana. Por algum mistério insondável nenhum professor na universidade julgou que deveríamos ler. Agora estou correndo atrás do prejuízo.

No ano passado eu tinha de repassar o desafio. Vou manter a ideia e marco para responde-lo a minha amiga Jéssica Amaral, que depois de muitas tentativas iniciou o promissor Chocolate Por Obséquio. Aproveito para marcar também minha outra querida amiga/irmã Dani, que, ainda não escreve em nenhum blog, mas que já passou da hora de se aventurar por essas sendas.

E quem se sentir a vontade pode responder também. No seu blog ou aqui nos comentários.

Anúncios

Um comentário sobre “TAG: LIVROS 2016

  1. Pingback: TAG: LIVROS 2017 | habeas mentem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s